25 tendências do mercado de tecnologia para 2022

Por: Adentro | 23-12-2021

O ano de 2022 tem muito potencial para ser o melhor ano do setor de TI. Prova disso são as tendências do mercado de tecnologia, as quais além de abrangentes, também já demonstram uma demanda crescente no mercado atual.

Como você deve imaginar, o setor de inteligência artificial vai continuar dominando; mas há outros itens que têm chamado atenção, como os veículos autônomos, tecnologia verde e computação afetiva.

Quer mais informações? Leia todo o conteúdo!


1. Internet das coisas (IoT)

A IoT, que já faz sucesso há algumas décadas, está passando por uma transformação colossal, e 2022 tem tudo para fomentar uma revolução nesse setor.

Em resumo, IoT diz respeito a todas as tecnologias que promovem a troca de informação entre máquinas, sem a necessidade de intervenção humana. Portanto, elas fazem ajustes entre si, assim como comandam linhas de produção inteiras.

Um dos motivos para uma possível revolução nesse setor, em 2022, é a chegada do 5G, que vai permitir conexões mais rápidas e estáveis, quando comparadas às que temos hoje.

2. Aplicações de inteligência artificial

A inteligência artificial já faz parte do mercado de tecnologia atual, mas ela ainda está muito limitada devido a diversos fatores, principalmente relacionados à infraestrutura.

Para funcionar em seu máximo potencial, uma IA requer milhares de gigabytes de dados. Caso contrário, será necessário usar técnicas de machine learning, as quais são inferiores às redes neurais artificiais, que chamamos de IA. 

O mercado mostra avanços a passos largos nessa tecnologia, que também inclui cloud computing, big data e diversas outras ferramentas de última geração.

3. Forte demanda de cloud computing

O cloud computing será ainda mais requisitado em 2022, pois essa tecnologia passou pelas provações de 2020 e 2021, satisfazendo, com maestria, as necessidades das empresas.

Além disso, vale lembrar que a chegada do 5G, que será um grande marco para o setor de tecnologia, também impacta diretamente no cloud computing, melhorando sua performance.

Uma das qualidades mais requisitadas do cloud é sua descentralização de informação, permitindo uma maior segurança de dados.

4. Crescimento consistente dos chatbots

Com o aumento das compras online, um problema surgiu: não é possível, do ponto de vista dos recursos humanos, atender todas as requisições dos clientes. Como solução, os chatbots foram largamente empregados para essa função.

Essa ferramenta consegue solucionar problemas de baixa e média complexidade, mas ainda tem muito o que melhorar. Em 2022, sem dúvidas veremos pequenas e médias empresas usando essa ferramenta, que atualmente tende a ser exclusiva das grandes empresas.

5. Tecnologia de busca por voz

Uma mudança drástica será sentida no marketing digital, mais precisamente no SEO, ou seja, nas otimizações de página para mecanismos de busca.

As buscas por voz, que eram imperfeitas há alguns anos, se tornaram funcional e são bastante apreciadas pelos usuários da internet, que adoram a simplicidade dessa tecnologia.

Essa tendência por buscas por voz força as empresas a repensarem suas estratégias de marketing digital, dado que as palavras-chave perdem um pouco de seu valor, e a semântica dos conteúdos começa a dominar.

6. Tendência de hiperautomação

A necessidade de processos ágeis e descomplicados, assim como a otimização dos trabalho humano nas empresas levou a um resultado bastante conhecido: a hiperautomação dos serviços.

Como você deve imaginar, 2022 tem tudo para alimentar essa tendência, fomentando ainda mais ferramentas, métodos e processos de automação, permitindo aos trabalhadores mais tempo em áreas criativas ao invés de serviços repetitivos.

Vamos comentar um pouco mais sobre isso no tópico sobre otimização de trabalho.

7. Popularização do Big Data

Quando o conceito de big data foi cunhado, ele era acessível a apenas uma pequena parcela mundial – em sua maioria grandes empresas. Mas esse cenário é totalmente diferente: qualquer pessoa tem acesso às ferramentas de big data, muitas delas gratuitas.

Essa acessibilidade à tecnologia de ponta permitiu que diversas empresas, de todos os tamanhos e segmentos, se aperfeiçoassem e aumentassem seus diferenciais competitivos.

8. Cibersegurança estará em alta

Se você leu com atenção até este tópico, deve ter notado um detalhe importante: os seres humanos estão cada dia mais dependentes da tecnologia. Nesse sentido, tudo o que fazemos passa por algum sistema ou software, ficando registrado lá.

Esse foi um dos motivos para a elaboração da LGPD, a Lei que regulamenta a coleta, transformação e uso de dados na internet, por parte das empresas.

Por causa da dependência que temos em relação à tecnologia, os sistemas de cibersegurança estarão em alta em 2022.

9. Internet of Behavior (IoB)

Um tópico muito discutido em 2021, e que vai continuar extremamente relevante em 2022, é o internet of behavior. 

A verdade é que os sistemas inteligentes chegaram a um ponto que conseguem coletar diversos dados dos usuários, até mesmo os pormenores, como a forma de interagir com seu aparelho celular, e gerar valor para a companhia com base nesses dados.

O problema é que isso transgride certos limites morais, dado que pode-se discriminar o usuário, seus interesses e padrões de comportamento, o que leva a muita discussão tanto no aspecto legal da coleta quanto no filosófico.

10. Chegada do 5G no mercado 

Ainda existem muitas barreiras para o 5G se tornar uma realidade. Essa tecnologia, assim como as demais que estão nas fronteiras do conhecimento, têm muitos problemas para serem implementadas em larga escala.

Mas, derrubando as barreiras, a tecnologia 5G vai promover uma velocidade de conexão nunca antes vista, a qual tem um potencial enorme de geração de valor, principalmente quanto a disponibilidade de serviços digitais.

11. Otimização do trabalho

O trabalho tem sido bastante afetado pela tecnologia. No caso, as diversas ferramentas tornaram o processo produtivo muito mais eficiente e dinâmico, permitindo aproveitar ao máximo a força de trabalho empregada na empresa.

Antes das ferramentas de automação de e-mails, por exemplo, um colaborador precisava copiar e colar uma infinidade de e-mails, e enviá-los manualmente. Hoje, podemos enviar uma carga enorme de e-mails em apenas um click – sem perder a personalização de conteúdo, aliás.

12. Fomento de tecnologias na saúde

Uma das consequências diretas da crise sanitária, que atingiu com força o mercado internacional nos anos 2020 e 2021, foi o mapeamento, implementação e sofisticação dos recursos tecnológicos da área da saúde.

Em suma, 2022 promete ser um ano fenomenal nessa área porque as tecnologias que começaram a ser produzidas em 2020 estão recebendo os toques finais agora e, portanto, estarão prontas para serem usadas em 2022.

13. Modernizações no RH das empresas

Existem dois grandes pontos que tocam o RH, quando falamos em tecnologia: o primeiro é a eficiência da contratação; o segundo diz respeito quanto à forma da contratação.

Um processo seletivo de pequeno porte, por exemplo, pode atingir com facilidade mais de 1.000 candidatos. Se o RH levar 20 minutos para avaliar cada candidato, serão necessários mais de 13 dias de seleção. Com 10 mil candidatos, são mais de 138 dias de seleção. Somente ferramentas de automação podem solucionar esse problema.

14. Soluções contra o desperdício

A tecnologia tem sido empregada na resolução dos problemas de nossa sociedade moderna, e um dos principais deles é o excesso de desperdício, seja de recursos renováveis ou não.

Com certeza diversas tecnologias voltadas para esse tema vão surgir em 2022, ainda mais com os avanços recentes nas diversas áreas da tecnologia, como biotecnologia, nanorrobôs e IoT.

15. Tecnologia blockchain

Uma blockchain é um sistema de armazenamento de informação de modo que o próximo bloco de dados depende do anterior; então, para modificar um bloco é preciso mexer na rede inteira da blockchain – algo virtualmente impossível.

Essa tecnologia é tão poderosa que a marinha dos EUA a usa para garantir comunicação segura e criptografada. 

Vale lembrar que essa tecnologia está por trás das criptomoedas, outra tecnologia que está em pauta em 2021, e que com certeza vai chegar com força em 2022.

16. Inovações com criptomoedas

As criptomoedas usam um sistema blockchain como base para armazenar dados, que podem ser códigos possuidores de valor, como é o caso do Bitcoin.

Todas as transações de dados em uma blockchain, exceto em casos específicos, ficam registradas e consolidadas na rede. Isso permite a troca de infindáveis itens, assim como a transformação de bens em ativos financeiros, os quais podem ser adquiridos por terceiros.

Uma tecnologia que está dando o que falar é a NFT!

17. Computação afetiva

Devido à imensa quantidade de dados gerados todos os dias na internet, é possível criar inteligências artificiais realmente intrigantes. Dentre elas, a que mais chama atenção são aquelas que entendem as emoções humanas, claro que não perfeitamente, mas de forma a causar preocupação no público leigo.

O sistema funciona à base de estatística preditiva, assim como por meio de redes neurais, um sistema que aprende de acordo com as informações que recebe. 

Com esses modelos computacionais, pode-se predizer os comportamentos dos consumidores com uma previsão interessante – mas ainda longe do ideal.

18. Casas inteligentes

As smart houses não são novidade no mercado, mas é em 2022 que vamos ver sua popularização. 

Devido aos contatos entre mercados, as tecnologias estão cada vez mais baratas, principalmente devido à produção de alguns países, como a China. Dessa forma, produtos com muita tecnologia agregada chegam ao Brasil, permitindo a popularização desses itens.

Uma prova disso é o interesse crescente por tecnologias como Alexa e demais assistentes pessoais.

19. Investimentos pesados em satélites

Existem empresas realmente empenhadas em levar internet para o mundo todo, como é o caso da SpaceX, Amazon e a OneWeb. 

A primeira deseja lançar mais de 42 mil satélites em órbita nos próximos anos. Já a segunda vai lançar mais 600 satélites em 2022; a Amazon pretende colocar mais 3 mil satélites nos céus.

Esses investimentos só são possíveis graças aos avanços nas tecnologias de satélites, que tornaram essas peças pequeninas, pesando apenas alguns quilos, facilitando seu uso.

20. Veículos autônomos

Muito tem se discutido sobre os veículos autônomos. Embora a tecnologia esteja quase totalmente desenvolvida, ainda há muitos debates nos campos filosófico e jurídico.

O ano de 2022 promete demonstrar mais avanços nessa tecnologia, principalmente pelo impulso gerado pelo advento de novas ferramentas e modelos computacionais para solucionar as barreiras dessa área.

21. Computação quântica

Da mesma forma que a internet 5G promete revolucionar completamente o setor de tecnologia, a computação quântica tem sua parcela de “UAU!!”.

Essa tecnologia está nas mãos das gigantes do mercado, e já demonstrou seu potencial de inovação, como fazer cálculos que levariam milhares de anos em apenas alguns dias.

À medida que essa tecnologia se popularizar, teremos mais simulações realistas, melhores inteligências artificiais e, como consequência, uma produção como jamais pensamos.

22. Predição por genética

Sem dúvidas, uma das mais aguardadas tecnologias da saúde é a predição de doenças pelo genoma do paciente. Ou seja, com uma pequena amostra de DNA do indivíduo, seria possível saber suas chances de ter um AVC, câncer e demais doenças.

Mas essa tecnologia, embora existe na atualidade, não é facilmente escalável. Os exames levam muito tempo, dada a complexidade do DNA e seu sequenciamento. Porém, tudo isso pode ser superado com os computadores quânticos, por exemplo.

23. Biochips 

Os biochips representam um daqueles casos onde o problema não é totalmente tecnológico, mas sim envolve filosofia, política e legislação.

Em resumo, esses aparelhos seriam usados no organismo humano, sendo sua principal finalidade monitorar pressão arterial, batimentos cardíacos e demais métricas de interesse para a saúde.

Mas se coletar dados da internet já fere alguns direitos individuais, quem dirá coletar dados do funcionamento orgânico das pessoas!

24. Nanorrobôs

Em princípio, os nanorrobôs poderiam ser programados para realizar as mais diversas tarefas, tais como comer o lixo dos mares e liberar oxigênio durante o processo, atacar doenças autoimunes e assim por diante.

No entanto, essa tecnologia ainda está longe da realidade, embora alguns laboratórios ao redor do globo já apresentem alguns avanços.

25. Tecnologias verdes

Por fim, não poderíamos deixar de falar das tecnologias verdes, as quais ou visam reverter os danos causados pela exploração do planeta pelos seres humanos, ou querem reduzir nossa interferência no meio ambiente – quando não as duas de uma vez.

Algumas das tecnologias citadas ainda estão um pouco longe do dia a dia das pessoas, enquanto outras já integram suas rotinas. A verdade é que 2022 é uma caixinha de surpresa, e só saberemos o que há dentro depois de abrí-la!

Curtiu?
Compartilhe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AV. CRISTÓVÃO COLOMBO, 2240 SALA 601, FLORESTA, - PORTO ALEGRE - RS Política de privacidade © 2022 ADENTRO CLOUD - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS