6 mitos frequentes sobre os sistemas ERP

Por: Adentro | 07-04-2021

Gestão empresarial é algo que toda empresa visa, principalmente aqui no Brasil, e o sistema ERP é visto como uma solução para isso. Contudo, ao mesmo tempo que muitos usam dele, outros ainda acreditam em mitos sobre o ERP.

Quem já usa, tem bons motivos para usar. Segundo estudo da IDC Manufacturing, 75% das empresas pesquisadas consideram o ERP uma plataforma essencial para promover uma boa experiência para o cliente.

Ou seja, é uma ótima solução para negócios. Mas o que é ERP? Quais são os tipos de ERP? Quais são seus mitos? Entenda tudo agora!

 

Antes de tudo, o que é ERP?

“Mais de 60% das empresas implementam o sistema ERP para melhorar a performance nos negócios.” (2012 ERP Report)

Sistema ERP (Enterprise Resource Planning) é, em tradução, um Sistema Integrado para Gestão Empresarial. Esse sistema serve para o gerenciamento de operações diárias de uma empresa, como administração, balanço contábil, compras, etc.

Um sistema não integrado, como planilhas e outros métodos manuais, não permite a otimização e agilidade dos processos na empresa. O software ERP é online, integra diversas funções e pode ser acessado de qualquer lugar, a qualquer hora.

 

Quais são as funções de um software ERP?

Algumas das funções que um software ERP pode apresentar são:

  • Sistema de controle para estoque;
  • Sistema de controle financeiro;
  • Controle de vendas;
  • Fluxo de caixa;
  • Emissão de boletos, nota fiscal, relatórios, etc.

 

Quais são os tipos de ERP?

Os principais tipos de ERP são:

  • ERP legado, que são os sistemas mais antigos;
  • ERP engessados, que são sistemas mais baratos e com menos recursos;
  • ERP gratuitos, que são recomendados apenas no início da empresa;
  • Back office, que só podem ser considerados sistema ERP quando acompanhados por outro ERP;
  • Sistemas verticalizados, que são geralmente utilizados por lojas físicas e franquias;
  • ERP para Omnichannel, que oferece o controle mais completo!

 

6 mitos sobre o ERP: o que é verdade sobre esse sistema?

Agora que você sabe o que é ERP, já tem noção de que alguns mitos simplesmente não são verdades. Contudo, há ainda outros mitos sobre o ERP que precisam serem quebrados.

Veja isso agora!

 

1º Mito: “Pra que ERP, se já tenho sistema CRM?”

Sistema CRM e sistema ERP são duas coisas diferentes. O CRM se trata de um sistema que facilita o controle das interações com o cliente, servindo até no gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Dessa forma, ele é apenas uma das funções que o ERP executa. O sistema ERP é um pacote de aplicativos para gestão empresarial e planejamento estratégico!

 

2º Mito: “ERP para empresas grandes, não pequenas”

ERP para empresas grandes? Bem, mesmo que você seja um empreendedor individual, em algum momento o número de processos na empresa vai crescer. E quando o número de operações e processos crescer, o que vai fazer?

O ERP é adequado para qualquer empresa que precise organizar vários processos e operações. Conforme aumenta o número de processos na sua empresa, maior a necessidade de um sistema ERP.

Então, na verdade, é ERP para empresas grandes e pequenas também!

 

3º Mito: “ERP é muito caro”

Para muitos, o ERP é caro e nem terá todos os seus recursos utilizados. Contudo, você não precisa pagar por todos os recursos. Na verdade, o sistema ERP possui um design modular – é um conjunto de vários módulos independentes integrados a um sistema.

Então, basicamente, você pode usar de apenas alguns módulos (como contabilidade e CRM) para o seu negócio e pagar apenas por isso. Aliás, muitas empresas contratam apenas um sistema básico para gestão empresarial.

Dessa forma, você pode facilmente encontrar o ERP que melhor se encaixa ao seu bolso.

4º Mito: “O ERP não se encaixa no meu negócio”

Esse mito já foi quebrado quando apresentei os diferentes tipos de ERP – então, é difícil não encontrar um que não se encaixe no seu negócio. Além disso:

  • Qualquer sistema ERP apresenta funcionalidade básica para qualquer empresa (independente de porte, forma, setor ou país);
  • Há suporte para todos os recursos específicos;
  • Há suporte para diversos idiomas, moedas e legislações.

Por fim, você pode contar com opções globais de ERP (como SAP, Oracle, Microsoft) ou opções locais!

 

5º Mito: “ERP não apresenta segurança de dados”

Pode ser que sim, pode ser que não. O ERP é apenas um pacote de aplicativos – seus dados são resguardados pelo servidor. Se for físico, há uma chance de realmente existir menor segurança de dados.

Agora, se for um sistema ERP em cloud, isso reduz significativamente os riscos de entrada não autorizada e perda de dados. O provedor do serviço garante isso através de certificações e criptografia em todos os processos de transferência e armazenamento.

Além disso, garante acesso seguro dos funcionários via RDP, o que permite a prática de trabalho remoto.

 

6º Mito: “ERP é muito para o meu servidor”

Novamente, ERP na nuvem é uma solução mais prática. Ao adotar o sistema no modelo de cloud computing, você usufrui dos serviços sem nenhuma sobrecarga para seu processador.

Além disso, se seu servidor local não aguenta o ERP por ser datado, nesse caso, você já deveria ter trocado ele a muito tempo.

 

Sistemas ERP são a melhor opção?

Para quem busca um sistema de controle, gerenciamento e otimização dos processos e operações na empresa, a melhor opção é o sistema ERP. Contudo, para funcionar, ele deve apresentar todas as funções que são deficiências na gestão empresarial manual.

Alguns dos mitos sobre o ERP se tornam reais quando você faz uma escolha ruim de provedor. Ele deve oferecer soluções, qualidade, escalabilidade e usabilidade para sua empresa!

 

 

 

Curtiu?
Compartilhe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AV. BAHIA, 1260, SÃO GERALDO, - PORTO ALEGRE - RS Política de privacidade © 2021 ADENTRO CLOUD - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade