Adentro Datacenter Solutions

X

O ERP, Enterprise Resource Planning, conhecido no Brasil como uma plataforma de gestão operacional, é um dos programas que mais evoluíram com os anos em relação a tecnologia de softwares voltados ao meio profissional.

Com o processo de implantação do ERP, sistemas modernos são automatizados e todas as transações rotineiras de um negócio são processadas mais rapidamente, incluindo todas as áreas envolvidas.

Mas, assim como todos os tipos de softwares, há alguns riscos que devem ser sempre atentados, para que seja possível garantir cada vez mais segurança no âmbito empresarial e diminuição de vulnerabilidades e pontos fracos. Então, para melhorar todos esses pontos, acompanhe o texto e confira os 7 principais problemas.

1.   Atualizações em atraso

Com o processo de implantação do ERP, algo muito importante a ser checado são os computadores e todos os seus softwares e funcionamentos, pois é possível que possam estar desatualizados ou não suportarem todas as atualizações.

A falta de atualização acarreta diversos problemas como:

  • Aumento de vulnerabilidade de sistema
  • Desatualização de plataformas
  • Falhas
  • Aumenta a facilidade de invasões
  • Dificulta a correção de problemas

Hoje o cibercrime é muito frequente, principalmente no mundo corporativo, pois há sempre pessoas querendo sair com vantagens através de roubos e sequestros de informações valiosas internas.

Como evitar o atraso de atualizações?

Procure instalar as atualizações e novas versões do sistema de segurança do ERP e deixe que este trabalho se faça de forma automatizada, fazendo isso sempre que for necessário.

 

2.   Direitos de acesso total

Muitas vezes nos preocupamos somente com ameaças provindas de fontes externas de nosso meio de trabalho, mas é necessário reforçar a segurança em todos os sentidos e ambientes.

As ameaças podem estar em seu próprio negócio e você pode estar correndo riscos internos. Isso é possível quando todos os funcionários possuem direitos de acesso total sem nenhum tipo de padrão.

Como evitar esse problema?

Faça com que as áreas possuam acessos, mas às suas respectivas informações, e que todos trabalhem de forma limitada. Por exemplo, alguém na área de TI não precisa acessar informações do financeiro. Ou seja, limite acessos.

 

3.   Treinamento inadequado

“A segurança ERP pode estar propensa a riscos quando o treinamento de profissionais é inadequado ou insuficiente. “

 Seja de forma intencional ou maliciosa, a falta de entendimento ou de posicionamento de algum funcionário pode expor informações indesejadas e pôr em risco a segurança de todos os dados empresariais.

Como evitar?

Procure saber se o seu provedor ERP possui treinamentos especializados do sistema e faça com que todos os funcionários que a utilizem façam todos os processos necessários.

 

4.   Inobservância

O sistema de segurança ERP deve possuir alguns elementos essenciais, como por exemplo, dados criptografados para maior segurança. Deve também seguir regulamentos do setor em que trabalha e manter senhas, logins e informações em sigilo.

Principalmente se o seu sistema armazenar elementos confidenciais de vendas, valores, detalhes de pagamento e padrões de PCI DSS.

Como evitar inobservância?

Projete com seu sistema ERP, regulamentações necessárias. Altere senhas que podem ser óbvias ou padrões e conecte-se em todas as boas práticas de segurança sempre.

 

 

5.   Uso de sistemas não autorizados

O ponto principal do ERP é a integração, e para remover a necessidade do programa que é preciso ficar ou não, é necessário excluir ou deixar de usar qualquer outro programa que não seja indicado, necessário ou autorizado pela empresa de ERP.

Como evitar esse problema?

Não integre seu sistema de ERP com softwares e hardwares que não forem reconhecidos ou que nãos sejam necessários.

 

6.   Confiança automática

Apostar 100% de confiança automática em sistemas é como colocar seus dados nas mãos de outras pessoas. As empresas precisam acompanhar todos esses processos, mesmo que seja somente para confirmar.

Como evitar?

Procure o provedor mais confiável em sua concepção, acompanhe todos os processos de segurança e regulamento de dados. Faça perguntas e tire todas as suas dúvidas sempre.

 

7.   Autenticação única

Utilizar autenticação de um fator pode ser sustentável para ERP’s modernos, mas não suficiente, pois quanto menos se preocupar com acessos e senhas, maior será a probabilidade de invasão.

Como evitar a autenticação única?

Faça autenticação com dois fatores, procure aplicar códigos que possam ser direcionados para e-mails de segurança e aumente sua proteção.

 

Conclusão

Com todos esses problemas indicados, será mais fácil recuperar todas as suas falhas, aplicar essas correções e tornar a sua segurança ERP muito mais dinâmica e certeira.

 

deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


           Associado Abrahosting

Contatos

Métodos de pagamento

               Cartões de crédito