Arquivos em nuvem: tudo que você precisa saber

Por: Adentro | 08-09-2021

Arquivos em nuvem é um termo comumente usado para se referir ao armazenamento de arquivos no formato digital, nas nuvens pública, privada ou híbrida.

Assim, a Cloud Computing, ou melhor, a computação em nuvem, se tornou mais um dos processos de inovação tecnológica resultantes das transformações digitais.

Cheia de benefícios, a computação em nuvem não só mantém arquivos pessoais na nuvem, como também dados confidenciais de grandes empresas, o que traz inúmeros benefícios para os diversos usuários.

Diante disso, é fundamental que os gestores, empresas e pessoas no geral entendam o princípio do armazenamento na nuvem, já que ela se tornou uma forma de alcançar bons resultados, além de ser uma exigência dos tempos modernos.

Por isso, preparamos este artigo com o máximo de informações sobre a computação em nuvem, o funcionamento dos arquivos em nuvem, benefícios, cuidados e muito mais. Boa leitura!

 

Document Management System DMS .Businessman hold folder and document icon.Software for archiving, searching and managing corporate files and information.Internet Technology Concept.Digital security.

O que significa o termo computação em nuvem?

Em palavras simples, a computação em nuvem nada mais é que a viabilidade de realizar tarefas na internet e acessar arquivos armazenados na nuvem, sem a necessidade de ter que instalar aplicativos ou programas.

Assim, o armazenamento desses dados é feito por meio de uma rede, a qual basta uma conexão online para os usuários terem acesso aos recursos disponibilizados por ela.

Dessa maneira, desde que tenham uma conexão ativa e acesso permitido, qualquer pessoa pode abrir o documento e editá-lo, de qualquer lugar do mundo ou horário.

Isso tudo fica acessível graças à tecnologia da cloud computing, que permite que os arquivos em nuvem sejam uma realidade. Logo, não é preciso mais andar com um equipamento móvel, já que os arquivos ficam salvos na web. 

Principais recursos dos arquivos em nuvem

Existe uma vasta lista de recursos derivados da computação em nuvem, por isso vamos abordar alguns deles.

A princípio, não dá para deixar de mencionar os sistemas de compartilhamento de documentos, onde os arquivos em nuvem são manejados com transparência.

Também são muito fáceis de compartilhar entre os usuários (como colaboradores e clientes, por exemplo).

Com isso, diferentes dados são abertos sem restrições, permitindo que a equipe de uma empresa compartilhe arquivos com consumidores no percurso de um projeto, no desenvolvimento de um sistema etc.

Gestão de projetos e CRMs

Atualmente é comum que sistemas de gerenciamento de projetos sejam ofertados na nuvem, já que eles costumam ser descentralizados e a tecnologia combina perfeitamente com as necessidades dos gestores.

Além disso, os arquivos acessíveis via internet são de grande valia para os sistemas CRM (em português, Gestão de Relacionamento com o Cliente), ao passo que viabilizam monitorar a jornada do cliente, automatizando variadas funções.

Business Intelligence

Em busca de analisar dados e descobrir insights valiosos, muitos empresários recorrem ao uso de recursos de Business Intelligence, baseando-se nos dados da Cloud. 

Assim, plataformas coletam informações de múltiplas fontes, cruzam essas informações e entregam resultados importantes para a tomada de decisão.

Sistema ERP

O ERP, sigla que significa Enterprise Resource Planning, equivale a um software de gestão integrada, uma plataforma de arquivos em nuvem que atua incorporada ao negócio. 

Nesse sentido, ter um ERP na nuvem é uma boa oportunidade de centralizar os setores da empresa através de módulos, trazendo várias vantagens para os gestores e equipes.

Com o ERP em nuvem, o empreendedor ganha no custo-benefício, além de ter uma segurança a mais (os arquivos ficam na nuvem), junto de flexibilidade e dados estáveis.

Como armazenar os arquivos na nuvem?

Os arquivos web podem ser armazenados e compartilhados de acordo com os tipos de servidores existentes, variando entre gratuitos e pagos, com mais ou menos recursos e por aí vai. São eles:

    • Nuvem pública: nesse modelo, os usuários dividem o espaço dos arquivos com outras pessoas/empresas, já que o funcionamento assemelha-se com um condomínio residencial.
    • Nuvem privada: esse formato de nuvem funciona como um espaço reservado aos contratantes, de acordo com a disponibilidade de ambiente online apenas para um usuário/ empresa oferecido pelos servidores pagos.
  • Nuvem híbrida: naturalmente, a solução híbrida abriga os dois tipos de nuvem, pública e privada. Geralmente, muitas companhias mesclam os dois modelos de arquivos em nuvem para desenvolver as atividades empresariais.

Diferenças entre os serviços de nuvem

A computação em nuvem funciona por meio de alguns tipos de serviços, cada um com suas características próprias e que se enquadram aos objetivos de negócio. 

IaaS

É a infraestrutura como serviço, a categoria mais simples da cloud computing. Seu uso funciona com o aluguel de uma infraestrutura de TI onde o usuário só paga por aquilo que consumir. 

PaaS

A PaaS entrega um espaço sob demanda ao cliente, possibilitando-o de desenvolver, testar, fornecer e gerenciar aplicativos de sistemas inteligentes.

Costuma ser utilizada por desenvolvedores, auxiliando na criação de apps mobile e/ou web.

SaaS

Este serviço usa os provedores de cloud computing para hospedar e gerenciar os aplicativos de software, aliado à inclusão de infraestrutura.  

A estrutura por trás do SaaS se firma em um mecanismo de compartilhamento de aplicativos sob encomenda, em geral, pedidos de assinaturas.

Cloud sem servidor

Apesar de parecer com a Saas – por desenvolver aplicativos -, a cloud sem servidor não perde tempo gerenciando os servidores, muito menos com a estrutura envolta nessa tecnologia.

Aqui, o provedor em nuvem coordena as configurações, planeja a capacidade e gerencia os servidores para os clientes.

Benefícios de manter os arquivos em nuvem

Veja 6 benefícios dos arquivos em nuvem, seja para você e/ou para as empresas.

1. Redução de despesas

A economia é um dos maiores benefícios do armazenamento na nuvem, tanto é que esse ponto atrai muita gente para utilizar essa vantagem. 

No tocante ao cotidiano das empresas, elas podem diminuir ou mesmo extinguir (em alguns casos) servidores internos usados para guardar arquivos físicos.

Isso porque basta fazer o upload dos arquivos para a nuvem, de forma a manter os docs nos servidores do provedor.

Sem contar que o uso é quem determina quanto será pago, o que assegura desperdício de verba ou excesso de armazenamento, contribuindo assim para investimentos em outros setores.

2. Mais segurança

Manter os arquivos em nuvem tem a segurança como um princípio norteador dos processos. 

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o sistema cloud conta com um alto grau de elementos seguros, criptografados, aonde o sigilo das informações vem sempre em 1° lugar. 

Componentes como backups, firewalls, suporte e monitoramento contínuo são apenas alguns exemplos.

E em relação aos arquivos em nuvem, esses são alocados em servidores específicos, mantidos com total controle e vigiados por instituições especializadas em protocolos de segurança web.

3. Acessibilidade

Com a nuvem, os arquivos ganham muito mais acessibilidade, em razão dos servidores ficarem pouco tempo indisponíveis, uma vez que assim que um sistema apresenta falhas, outro é realocado imediatamente.

Logo, arquivos e documentos importantes ficam disponíveis em um ambiente estável, propício para o trabalho colaborativo.

4. Arquivos fáceis de compartilhar

Esse aspecto é fundamental no trabalho home office e nas operações que os colaboradores precisam trabalhar em conjunto em um mesmo documento, evitando retrabalhos e dificuldades de criar e armazenar pastas e arquivos.

Com o link acessível, os funcionários podem acessar e contribuir na tarefa usando qualquer dispositivo com conexão à internet. Dessa forma, a empresa tem agilidade em visualizar e editar determinados dados.

5. Conformidade com a LGPD

O armazenamento em nuvem tem parceria com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), uma norma regulatória para o uso de dados dos usuários, em especial, no espaço virtual.

A LGPD é seguida pelos provedores de nuvem, visto que possuem um vasto número de recursos otimizados voltados à segurança e controle dos dados, fazendo a gestão estar de acordo com a legislação vigente.

Assim, ao passo que a lei em questão busca garantir mais autoridade dos dados pelos titulares, naturalmente as organizações devem implantar programas com o objetivo de assegurar esse direito, dever esse já efetivado pelos servidores em nuvem.

6. Melhor produtividade

Com a agilidade das tarefas, por consequência a companhia contribui para ter funcionários mais motivados, que produzem mais e melhor, o que por sua vez, aumenta as chances de lucros do negócio.

Qual a importância das soluções em nuvem para os negócios?

Organizações de todo o planeta aproveitam as vantagens do armazenamento em nuvem. Veja alguns desses benefícios para os negócios.

Inovação de processos

Investir na computação em nuvem é mais que por arquivos no formato digital, significa adaptar sua empresa às novas demandas da transformação digital, tornando-a competitiva e com possibilidade de melhorias contínuas.

Expansão sem custos exorbitantes

Nós sabemos que os negócios sofrem grandes mudanças e suas operações podem subir ou descer conforme amplos fatores. 

Portanto, contar com a nuvem nessa empreitada é uma grande sacada, pois ela é um instrumento altamente escalável.

Boa opção para quem quer inovar

Se o objetivo é crescer rápido ou inovar, a nuvem também pode ajudar. O motivo é simples: a empresa não tem que instalar um sistema de alto desempenho para gerenciar os documentos. 

Com pouco capital se consegue ajustar um pacote que atenda as necessidades básicas do empreendimento.

Como aproveitar as soluções da nuvem nas empresas?

A Cloud permite que os arquivos em nuvem sejam bem utilizados dentro das instituições. Veja algumas aplicações.

Armazenagem de arquivos confidenciais

Primeiramente, armazenar os arquivos sigilosos na nuvem é um feito à parte. 

Logo, quando a questão é qualificar o acesso a certos documentos, ao mesmo tempo em que eles devem ter a segurança reforçada, possuir uma ligação com provedores em nuvem configura-se numa boa alternativa.

Assim, o empreendimento contará com o suporte 24 horas do fornecedor da nuvem, contando também como um monitoramento frequente dos seus arquivos e mídias.

Fortalecer a relação com os clientes

A cloud também pode ser adotada para compartilhar arquivos em nuvem e ampliar a  relação com os clientes. 

Nessa situação, a companhia usa de recursos digitais visando se aproximar de sua clientela, dando mais visibilidade ao seu público consumidor.

Trabalho remoto

Se tem algo que cresceu a olhos vistos foi a implementação de novas formas de trabalho, com destaque para o trabalho remoto, mais conhecido por home office

Esse crescimento surgiu muito em parte devido as pessoas poderem trabalhar de qualquer lugar, já que suas ferramentas de trabalho ficam disponíveis em um ambiente virtual, com as mesmas funções e atribuições do escritório tradicional.

Nesse cenário, os funcionários puderam ficar próximos de suas famílias, diminuírem custos com transporte e alimentação e principalmente, trabalharem com o que amam através de plataformas web dinâmicas.

Base para outras tecnologias

Se nos dias de hoje vemos iniciativas inimagináveis para anos atrás, sem dúvida a computação em nuvem tem sua grande contribuição nessa realidade. 

Afinal de contas, é graças a recursos de alto desempenho e inovações estáveis que os desenvolvedores criam soluções para o futuro.

Portanto, sempre que você ver equipamentos envolvendo Internet das Coisas, realidade aumentada, robôs e similares, lembre-se da cloud computing e da possibilidade de armazenagem de dados na nuvem. 

Cuidados essenciais com os arquivos em nuvem

Ainda que os servidores ofereçam uma boa segurança aos seus arquivos em nuvem, os usuários também precisam seguir alguns cuidados para reforçar a segurança dos documentos situados na web.

O ideal é trabalhar com uma conexão de internet estável, segura e rápida, até por uma questão de poder acessar melhor as ferramentas disponibilizadas. 

Por fim, é útil investir em um fornecedor de computação em nuvem de confiança, que oferte boas soluções e mantenha seus dados preservados.

Conclusão

Como vimos, a cloud computing possibilita o armazenamento de arquivos em nuvem, um recurso que facilita o manuseio dos documentos e que traz economia e segurança para os usuários.

A partir desta ferramenta, todos saem ganhando, desde quem usa a nuvem para pequenas tarefas, como o envio de um e-mail, até uma grande companhia, que usa grandes estruturas de cloud computing.

Portanto, é importante ressaltar a importância da tecnologia web, especialmente para as empresas, espaços onde informações relevantes precisam ser zeladas e guardadas com transparência e segurança.

 

Para continuar bem informado sobre o sistema de arquivos em nuvem, conheça os detalhes de outro recurso que usa essa tecnologia, os softwares ERP. 

Continue no nosso blog lendo o artigo que publicamos sobre esse tema!

Curtiu?
Compartilhe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AV. BAHIA, 1260, SÃO GERALDO, - PORTO ALEGRE - RS Política de privacidade © 2021 ADENTRO CLOUD - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade