Adentro Datacenter Solutions

X

Ter um sistema de monitoramento em vídeo (DVR ou Cloud) é tão importante quando colocar portas com travas e fechaduras na sua empresa.

Afinal de contas, sem um sistema de monitoramento em vídeo, sua empresa fica vulnerável a invasões, roubos e destruição de propriedade.

Contudo, nem todos os sistemas de monitoramento em vídeo são iguais. Se você levar em consideração o tipo de armazenamento do vídeo, você deve ter em vista que se você não puder acessar ao vídeo, esse monitoramento em vídeo é inútil.

Há duas principais maneiras de armazenamento de vídeo: Gravadores de vídeo digital, ou Digital Video Recorder (DVR); e o armazenamento em nuvem, ou Cloud.

 

DVR armazenamento físico

DVR

O DVR, normalmente, funciona usando a conexão de internet de sua empresa para fazer o armazenamento do vídeo capturado em um dispositivo físico, ou seja, o disco rígido de um computador no escritório.

Portanto, esse tipo de armazenamento de vídeo é limitado, o que significa que só será armazenado a quantidade de dados suportados pelo disco rígido do computador.

Esse sistema de monitoramento em vídeo é considerado um circuito fechado, pois não está conectado a nenhuma rede de filmagem e somente pode ser acessado através do disco rígido em que os arquivos de vídeo foram armazenados.

 

Cloud

Já o armazenamento de vídeo em Cloud envia os arquivos de vídeo para a nuvem, na qual há mais espaço para as gravações. Ou seja, é possível armazenar as imagens por mais tempo – por isso costuma-se dizer que o armazenamento é ilimitado, pois é possível a expansão.

A vantagem do sistema de monitoramento em vídeo com armazenamento em cloud não apenas contribui para poder guardar mais vídeos. Ela também reduz as chances de haver manipulação, vazamento ou uso incorreto dos vídeos por alguém não autorizado.

Em outras palavras, o cloud possui um sistema de gerenciamento de vídeo baseado na nuvem. Tal gerenciamento apresenta vulnerabilidades de segurança cibernética, de serem conectados diretamente na internet da empresa e por não serem armazenados no local de trabalho.

Normalmente, para acessar o armazenamento desse sistema de monitoramento em vídeo é necessário abrir a plataforma na internet e disponibilizar dados como usuário e login para acessar os vídeos / câmeras.

Outro detalhe acerca desse tipo de armazenamento é a possibilidade de poder acessá-los remotamente, ou seja, não necessariamente na empresa. Para isso, basta entrar na plataforma e disponibilizar usuário e senha para ter acesso aos vídeos armazenados.

 

Cloud vs DVR

Sistema de armazenamento Cloud vs DVR

Sem dúvida os sistemas de monitoramento e vídeo seja Cloud ou DVR são bastante semelhantes, pois ambos armazenam imagens de vídeos. A grande diferença entre os dois está na acessibilidade e segurança.

Enquanto a cloud possibilita o acesso remoto, (pode ser acessado pela internet – onde é possível controlar as câmeras a partir de vários dispositivos, como celular, tablet, etc), o DVR não requer conexão com a internet. Em contrapartida, as câmeras só podem ser acessadas de um único dispositivo físico onde as imagens estão armazenadas.

Desse modo, o DVR é uma forma de armazenamento que também exige mais cuidados, tendo em vista que pode haver dados e gravações hackeadas, ou seja, acessadas e vazadas por pessoas não autorizadas e acabar comprometendo informações comerciais e pessoais.

Já quando o monitoramento em vídeo tem armazenamento em cloud, é bem mais seguro, pois diminuem as chances de ataques cibernéticos, porém, não é somente essa vantagem que possuem em relação ao armazenamento em DVR.

Outro aspecto que está a favor do Cloud que também diz respeito a segurança é que o sistema de armazenamento DVR está suscetível à destruição, ou seja, todas as imagens armazenadas no ambiente físico (isto é disco rígido). O Cloud não possui essa vulnerabilidade por se tratar de nuvem.

Isso significa que o sistema DVR possibilita fraude também. Em outras palavras: se algum usuário não autorizado quiser acessar os vídeos armazenados e apagar os arquivos que não querem que ninguém veja, ninguém nunca nem irá saber daquele arquivo.

 

Veredito: Cloud vs DVR, qual o melhor?

Óbvio que nem sempre coisas ruins acontecem. É possível manter um sistema de monitoramento em vídeo DVR sem nunca sofrer nenhum problema… porém, é sempre bom se resguardar para os imprevistos.

Imprevistos que, vale lembrar, podem ser intencionais ou acidentais, mas que devem ser levados em consideração. Algumas medidas devem ser tomadas antes que tais imprevistos ocorram.

Desse modo, garantir que os arquivos são armazenados fora da empresa e que podem ser acessados remotamente parece ser a opção mais inteligente.

Portanto, se você procura um sistema de monitoramento em vídeo que seja mais seguro e coerente em situações imprevisíveis, chegou o momento de deixar o DVR no passado e investir na opção Cloud. Ela é bem mais segura e confiável.

Isso dará bem mais tranquilidade não só para sua empresa, mas para os colaboradores, que irão saber que poderão contar com arquivos seguros, mais difíceis de serem hackeados ou de haver vazamentos comprometedores dos mesmos.

deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


           Associado Abrahosting

Contatos

Métodos de pagamento

               Cartões de crédito