6 estratégias para migrar aplicações para nuvem

Por: Adentro | 03-05-2021

A transformação digital e o trabalho remoto fizeram com que as empresas entendessem como é importante migrar para cloud computing. No entanto, é necessário entender quais as estratégias para migrar aplicações para nuvem.

Com o intuito de falar mais sobre esse assunto, indicamos 6 dessas estratégias que podem fazer a diferença na hora de efetuar uma migração para cloud. Confira!

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #1: planejamento

Antes de mais nada, é necessário fazer um planejamento que especifique as etapas e procedimentos envolvidos na migração.

Para isso, torna-se fundamental uma avaliação do ambiente ou sistema utilizado, calculando todos os requisitos dos servidores em nuvem a fim de compatibilizá-lo.

Também é importante prever como será o funcionamento dos processos que serão migrados para a nuvem, de maneira a evitar interrupções nos procedimentos e prejuízos.

O controle e o monitoramento de cada uma das etapas da migração também devem ser cuidadosamente pensados.

Não podemos esquecer da importância que os APM’s têm na etapa do planejamento.

Esses sistemas podem medir o desempenho e a performance dos ambientes e indicar qual tipo de nuvem é o mais indicado para suprir a necessidade de cada empresa.

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #2: inventários de hardware e software

A migração para a nuvem não pode prescindir da realização de inventários de hardware e software.

Por meio desse procedimento, podem ser obtidas informações fundamentais, como a utilização de licenças, bibliotecas de scripts, a análise de redes e a gestão de senhas e usuários.

Muitos dos dados conseguidos em um inventário bem realizado são fundamentais para uma migração assertiva, que pense de maneira estratégica as necessidades de uma empresa.

Entre as etapas que compõem esse procedimento, podemos citar como uma das mais importantes a gestão da capacidade (capacity planning).

Por meio dele, é possível verificar qual a capacidade de entrega de determinados recursos antes de realizar sua devida alocação.

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #3: escolhendo o tipo de nuvem mais adequado

“Depois planejar a migração e fazer o inventário completo dos ativos de hardware e software, pode-se pensar na escolha do tipo de nuvem que melhor se adequa às necessidades organizacionais.”

Existem pelo menos três possibilidades distintas, sendo elas a nuvem pública, a nuvem privada e a híbrida. A seguir, explicamos cada um desses tipos.

Nuvem pública

Os custos dessa nuvem costumam ser mais baixos, haja vista que esse serviço é compartilhado entre vários clientes. Geralmente, esse tipo de cloud é recomendado para armazenamento de dados não críticos.

Nuvem privada

Ao contrário da pública, a nuvem privada é exclusiva de um único cliente, oferecendo mais segurança. Por isso, essa nuvem é muito usada por empresas que operam com transações financeiras e dados críticos com maior frequência.

Nuvem híbrida

Esse tipo de nuvem é usado por empresas que precisam aliar segurança a uma maior agilidade no acesso a dados menos sigilosos e sistemas. Assim, pode-se ter maior flexibilidade com a máxima redução de custos.

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #4: contratando equipes especializadas e bons provedores

Para que uma migração seja realmente bem realizada, deve-se contar com o trabalho de profissionais de TI especializados.

Esses profissionais podem indicar com maior assertividade o tipo de nuvem adequado para cada tipo de negócio, além de estabelecerem quais as aplicações que demandam uma infraestrutura mais robusta.

Não se pode deixar de lado a importância dos provedores. Esses devem ser considerados como parceiros fundamentais no processo de migração, devendo ser envolvidos em todas as suas etapas.

O ideal é sempre escolher marcas que tenham larga experiência em serviços de cloud e transformação digital.

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #5: definindo uma arquitetura

Ao migrar recursos e aplicações para uma cloud, é fundamental que os desenvolvedores construam arquiteturas nativas de nuvem.

Entre os aspectos que devem ser pensados no desenvolvimento dessas arquiteturas, podemos mencionar o armazenamento, as soluções de backup e os recursos de segurança da informação.

A arquitetura também deve ser cuidadosamente planejada a fim de evitar custos desnecessários, considerando-se apenas os recursos e a capacidade necessária à continuidade das operações.

 

Estratégias de migração de dados para a nuvem #6: padronização de políticas

Para garantir a eficiência de uma migração é fundamental que se padronize as políticas de cloud, de maneira a permitir a criação de estratégias que atendam às demandas organizacionais.

Entre as medidas que se inserem no contexto dessa padronização, podemos indicar como principais o desenvolvimento de recursos automatizados, o uso de ferramentas escaláveis e de controles de segurança eficientes.

Também há a possibilidade de se criar configurações personalizadas, de acordo com as necessidades de cada empresa.

É importante, ainda, considerar as políticas de segurança para cloud, incluindo atualizações, patches, auditorias entre outros procedimentos.

 

Adote as estratégias de migração certas na transformação digital da sua empresa!

Não podemos deixar de frisar a importância de se estudar com cuidado todo o processo de implementação de cloud computing em ambientes de empresas.

De fato, as estratégias para migrar aplicações para nuvem podem tornar esse processo muito mais assertivo, adequando recursos e estruturas às reais necessidades de uma empresa.

 

E você, conhece mais estratégias que podem ser usadas na migração para cloud? Comente!

 

 

 

 

 

 

 

Curtiu?
Compartilhe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AV. BAHIA, 1260, SÃO GERALDO, - PORTO ALEGRE - RS Política de privacidade © 2021 ADENTRO CLOUD - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade