Adentro Datacenter Solutions

X

O ERP, conhecido como sistema de gestão empresarial, é um software muito utilizado no meio profissional, pois otimiza todas as operações que uma empresa possui, e as concentra em um fluxo linear dentro de uma rotina.

Há dois tipos, o ERP local, no qual este programa é alocado em servidores físicos dentro da empresa que o necessita e o ERP cloud, uma novidade que está crescendo e se desenvolvendo cada vez mais.

Se você já está querendo mudar e migrar ERP cloud, saiba que está no caminho certo, pois o ERP cloud possui diversas vantagens e é mais barato e moderno para ser trabalhado. Acompanhe agora 7 passos para facilitar essa migração.

1.    Considere os benefícios potenciais

Migrar do ERP local para o cloud é um desafio, mas vale a pena o trabalho para depois resgatar as soluções mais rápida e facilmente, assim como trabalhos em nuvem proporcionam diariamente.

A migração para nuvem se torna valiosa por conta de todos os benefícios potenciais que apresenta, como por exemplo:

  • Agilidade
  • Mais segurança
  • Preço mais baixo
  • Suporte especializado
  • Otimização do trabalho

Ou seja, todo o trabalho feito em nuvem é mais otimizado, torna a empresa mais padrão e deixa os processos mais rápido, aumentando a produtividade dos funcionários e diminuindo questões de falhas.

A segurança, assim como toda a agilidade que a plataforma proporciona são elementos bases para migrar e aproveitar todos os possíveis elementos aplicados.

 

2.    Comece o planejamento

Comece a fazer esse planejamento com especialistas da área de TI e com a sua equipe do segmento. É necessário analisar fluxo de trabalho e todas as operações, desde as mais gerais até as mais específicas.

“Os funcionários da linha de frente de cada departamento podem oferecer informações sobre processos, procedimentos, prazos regulares e operações que podem afetar seu plano de transição”.

Pense em toda a organização, não tenha medo da mudança que ocorrerá, pois se seguir todos os passos, ela será segura e o acesso será benéfico. Mas lembre-se é necessário ter ao seu lado uma consultoria de tecnologia, para seguir todos os processos corretamente,

 

3.    Defina um curso para migração

Sobre migrar ERP cloud, é necessário programar o curso como isso ocorrerá, para que não haja problemas com clientes externos, atrasos e outros problemas. É necessário pensar como se fosse mudar de uma casa para outra.

As empresas que querem se tornar mais inteligentes, avisam e encontram saídas com todos os seus clientes e envolvidos no momento da migração. Explique e decida como será o funcionamento de serviços nesse momento e equilibre todos os processos.

 

4.    Compare e avalie plataformas

O processo de migração deve ser feito com muita cautela, e é necessário que você e sua equipe avaliem as plataformas que proporcionam todas as funções que estão presentes em sua rotina.

Elas devem ser aplicadas e replicadas de forma fiel a partir de sua arquitetura, e não devem desfragmentar nenhum fluxo de trabalho. A qualidade de serviço deve ser excelente, e a plataforma tem que proporcionar modernização e centralização para todas as áreas.

 

5.    Estabeleça um orçamento realista

Olhe para sua empresa e a situação financeira que ela apresenta. Não subestime nenhum custo de uma nova plataforma, mesmo que ela seja mais barata que um ERP local. O orçamento costuma ser excedido, pois há mudanças que devem ser adequadas para sua empresa.

Ou seja, não faça nada com um investimento que o deixe apertado. Planeje com maestria e tenha uma reserva em média de 15 a 20% para qualquer necessidade, que não prejudique as outras necessidades dentro de um orçamento.

 

6.    Tenha cuidado no momento de migrar ERP cloud

A migração de ERP deve ser feita com cautela e com planejamento de transição. Mova um departamento por vez, entenda como ele se comporta e funciona, e somente após todos os pontos estarem estabilizados, inicie outra transição.

A ordem das operações e departamentos que são movidos para a nuvem dependerá das necessidades exclusivas de cada empresa, e o maior erro é deixar de entender necessidade de sistema locais e todo o legado deixado.

Conecte os sistemas e migre-os com calma para o ERP cloud, observe a comunicação entre os aplicativos de não deixei de interligar nenhuma comunicação. Ou seja, é um trabalho detalhado.

 

7.    Minimize a interrupção

Prepare-se para a transição realizando uma avaliação de lacuna de ajuste e desenvolvendo uma arquitetura de referência com base nos resultados e requisitos de negócios mais amplos da sua organização.

As lideranças devem conscientizar as equipes, deixar os processos e etapas transparentes e aliviar o desconforto que essa mudança pode causar inicialmente.

 

Conclusão

O processo de migrar ERP cloud demanda de muito trabalho e cuidado, para que nenhuma operação saia prejudicada. Mas, após sair do ERP local para o ERP cloud e todos se acostumarem com a plataforma, a empresa rapidamente entrará em uma nova era, digital, moderna e agilizada.

deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


           Associado Abrahosting

Contatos

Métodos de pagamento

               Cartões de crédito