Quais os problemas que um ERP pode resolver na organização?

Por: Adentro | 15-11-2021

O ERP é uma ferramenta que consegue virar o jogo para a empresa, mesmo em momentos de crise. Seu poder está na integração de processos, permitindo um controle excelente de todas as operações da companhia.

Uma organização de médio porte, por exemplo, produz muita informação a ponto de as planilhas de Excel se tornarem insuficientes. Dessa forma, sem a adoção de novas tecnologias, fica fácil perder o controle do negócio. A solução nesses casos é um ERP de qualidade.

Neste conteúdo, vamos investigar mais sobre essa tecnologia. Leia até o final!

O que é um ERP?

Um ERP é um software que integra diversos processos dentro da empresa, permitindo tomar decisões mais assertivas, ao passo que diminui problemas relacionados à gestão de recursos.

A sigla significa Enterprise Resource Planning, que é traduzido como sistema de gestão integrado. Ele ajuda tanto na hora de otimizar processos internos quanto no momento de analisar os resultados da empresa.

Em suma, ele é um ponto central no que tange às informações da empresa, onde todos os dados do negócio ficam armazenados e podem ser compartilhados e analisados com facilidade.

Então, o ERP oferece diversos insights valiosos para a empresa, ajudando em seu crescimento e prosperidade.

Em quais problemas um ERP faz a diferença para a empresa? Veja os principais!

Como ficou claro pela definição, o ERP é uma ferramenta fundamental para todas as empresas, facilitando a gestão do negócio. Aliás, demos um exemplo de uma empresa de porte médio, mas ele também vale para grandes e pequenos negócios.

Dado seu princípio de funcionamento, essa ferramenta consegue atuar em diversos pontos do negócio, impedindo o surgimento e/ou a propagação de problemas na empresa.

Nesta seção, vamos comentar os principais inconvenientes resolvidos por um Enterprise Resource Planning. Veja a seguir:

Dificuldades com o fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma métrica de extremo valor para qualquer negócio. Muitos empreendedores acreditam que não precisam cuidar dessa métrica, dado que possuem empresas pequenas.

Todavia, não observar o fluxo de caixa é um dos maiores erros que os pequenos negócios podem cometer. Afinal, sem o fluxo, não dá para saber sobre a saúde financeira do negócio, e é aí que muitos perdem o controle financeiro da empresa.

Além disso, fazer o fluxo de caixa com papel e caneta é uma prática desencorajada. É muito fácil esquecer de algum valor, ou colocar a quantia errada na conta.

Controle das vias de fluxo de dinheiro

As vias de fluxo de dinheiro são todos os mecanismos pelos quais o dinheiro entra ou sai da empresa. Portanto, cartões de crédito, boletos, empréstimos e demais opções fazem parte dessa categoria.

Assim como acontece com o fluxo de caixa, gerenciar todas essas vias pode se tornar um grande problema.

Ao utilizar um ERP, porém, isso é feito de maneira automática, facilitando muito o trabalho do financeiro da empresa.

Queda de produtividade

Um detalhe importante sobre o ERP, mas que é pouco comentado entre os empreendedores, é sua solução para a queda de produtividade. 

A verdade é que as empresas, para serem produtivas, precisam gerar valor para a sociedade. Porém, se os colaboradores estiverem preocupados com o setor financeiro, realizando cálculos manuais sem fim, a produtividade cai.

Além disso, um bom sistema de gestão informa quais são os processos internos menos otimizados da empresa. Isso ajuda a otimizar a produção, de forma a fazer mais sem a necessidade de investimentos.

Controle de estoque

O controle de estoque é um ponto crítico, quando falamos em empresas que vendem produtos.

Se os produtos se esgotarem rapidamente, perde-se a oportunidade de vender mais; por outro lado, se ficarem encalhados nas prateleiras, perde-se o investimento da compra desses produtos.

O ideal, portanto, é buscar pela quantidade ótima de produtos em estoque, de forma a aproveitar as oportunidades do mercado –  que surgem a todo momento.

Precisão na hora de calcular os custos

Quando uma indústria produz um bem de valor, um de seus maiores desafios é calcular o custo da produção. O mesmo vale para quem presta serviços, dado que há custos envolvidos na prestação, por parte de quem realiza a ação.

O fato é: sem conseguir calcular os custos envolvidos na geração de valor, fica impossível saber o lucro líquido da operação – que é o faturamento menos todos os custos para atingir esse faturamento.

Um ERP consegue organizar essas informações com maestria, informando valores extremamente precisos de custos, assim como de faturamento.

Erros na hora dos registros

Usar planilhas de Excel é uma ótima opção, mas ela tem suas limitações. Embora haja ferramentas de ponta nesse software, ele ainda requer o uso de trabalho humano para funcionar.

Isso significa que alguém precisa entrar com os valores das operações, de forma manual, sempre que for realizada uma nova venda/compra. Dessa forma, um pequeno erro de digitação pode ocasionar um verdadeiro problema para a organização.

Como o ERP trabalha através de algoritmos, ele jamais comete esse tipo de erro. Por isso vale a pena implementar essa tecnologia em sua empresa.

Questões de segurança

A maioria das empresas produzem milhões de dados mensalmente. No meio disso tudo, existem diversas informações sensíveis, inclusive dos colaboradores e clientes do negócio.

Deixar essas informações desprotegidas não é uma boa prática.

Ao utilizar um Enterprise Resource Planning, todas essas informações ficam em um servidor atualizado, com firewall e dezenas de outros mecanismos de segurança.

Atrasos nas entregas

Atrasar entregas, dado o imediatismo da sociedade moderna, afeta negativamente sua marca no mercado. Isso pode trazer várias consequências para o negócio, inclusive perder clientes fiéis.

Um sistema integrado vai organizar todos os pedidos de forma automática, facilitando na hora de separar e despachar os produtos.

Planejamento financeiro

Por fim, implementar um ERP em seu negócio vai permitir um enorme controle financeiro, o que ajuda na hora de desenvolver um planejamento financeiro.

Dessa forma, você sabe exatamente onde seu negócio está e para onde vai, tendo a capacidade de planejar soluções, com antecedência, a possíveis cenários negativos.

Sem dúvidas, ter um ERP vai ajudar no desenvolvimento de sua empresa. Em caso de dúvidas, entre em contato com nossos especialistas!

Curtiu?
Compartilhe

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AV. BAHIA, 1260, SÃO GERALDO, - PORTO ALEGRE - RS Política de privacidade © 2021 ADENTRO CLOUD - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Política de Privacidade