Adentro Datacenter Solutions

X

No mês de março, o isolamento social foi adotado em todo o Brasil como forma de desacelerar a curva de contágio do COVID-19. Essa medida afetou em cheio a rotina de milhões pessoas, tendo consequências também sobre o emocional.

De fato, um estudo realizado pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro aponta um aumento de 8% dos quadros de estresse, ansiedade e depressão entre os brasileiros.

No entanto, existem algumas formas simples de se manter a saúde mental na pandemia. É com o intuito de apresentar algumas dessas práticas que desenvolvemos esse artigo. Acompanhe na leitura!

 

Dicas de saúde mental na quarentena #1: não passe muito tempo lendo o noticiário!

Uma das coisas que mais pode afetar nosso emocional durante esse triste momento é o noticiário.

Diariamente, vemos o número de mortos e infectados pelo coronavírus crescer e alcançar novos recordes. De outro lado, as notícias sobre a crise política que se abate sobre o Planalto e os prognósticos sobre a situação econômica do país não são mais animadoras.

É evidente que estar a par desses acontecimentos é importante, mas não se deve exagerar. A seguir, veja como evitar que o noticiário deixe você para baixo.

Reserve um momento para as notícias

O ideal é ter um momento do dia para acompanhar os acontecimentos, ao invés de passar horas diante do smartphone lendo as notícias do dia.

Deixe de seguir páginas de jornais e revistas

Uma forma eficiente de evitar a leitura intensa de notícias é deixar de seguir as páginas de jornais e notícias nas redes sociais.

Fique uns dias sem se informar

Esqueça o mundo por uns dias! Você pode fazer deixar de ler qualquer notícia dentro de determinado período ou sempre que sentir necessidade e focar em outros assuntos e atividades.

 

Dicas de saúde mental na quarentena #2: estabeleça uma rotina

 

Estar em casa não precisa ser sinônimo de dormir de madrugada, acordar na hora do almoço e passar o dia inteiro agarrado ao smartphone.

Faça diferente! Liste algumas atividades que você gosta ou gostaria de fazer durante a quarentena e organize-as em uma rotina a ser seguida diariamente.

Essa é uma boa forma de manter a saúde mental e emocional na quarentena, haja vista que permitirá que você se concentre no que está fazendo o dia inteiro. Desse modo, entre as atividades que podem ser realizadas, podemos indicar as seguintes:

  • Ler livros;
  • Ver filmes;
  • Aprender idiomas;
  • Aprender a tocar instrumentos musicais
  • Fazer cursos online.

“Lembre-se de quantas vezes você desejou ter um tempo livre para se aperfeiçoar em sua área ou aprender um hobby e comece já!”

 

saúde mental: manter contato com amigos e parentes

 

Dicas de saúde mental na quarentena #3: mantenha o contato com amigos e parentes

Por sorte, temos a tecnologia ao nosso lado para nos mantermos conectados com quem mais amamos, mesmo durante o isolamento social. Então, aproveite! Tire um momento do dia para falar com seus amigos e parentes. Muitas vezes, um bom papo é tudo que precisamos para seguir em frente.

De fato, por meio das redes sociais e de outros apps, você pode reduzir o impacto do confinamento e continuar a se comunicar com as pessoas queridas, mesmo que esteja em outro estado ou país.

Não se restrinja ao Messenger ou ao WhatsApp. Experimente, também, as ferramentas de videoconferência e reúna toda a família e seus amigos para um happening! Desse modo, você se sente menos sozinho – essa dica é ainda mais importante para as pessoas que se encontram morando sozinhas.

Isso porque, de acordo com um estudo desenvolvido na Universidade de Tecnologia de Swinburne, há indícios de que a solidão pode levar à depressão e à ansiedade.

 

Dicas de saúde mental na quarentena #4: faça atividades físicas

Outra atividade que pode melhorar a saúde mental na quarentena é a prática diária de exercícios físicos. De fato, essa prática estimula a produção e liberação de várias substâncias que contribuem para a sensação de bem-estar físico e psicológico.

Uma dessas substâncias é a endorfina, um neurotransmissor que atua como um analgésico, reduzindo a percepção de dor e auxiliando no relaxamento corporal, além de atuar no combate ao estresse.

A liberação da endorfina pode continuar até 72 horas depois da atividade física. Mas, afinal, quais exercícios podem ser realizados em casa?

Você pode optar pela musculação ou, mesmo, por exercícios com movimentos menos intensos, como a ioga e o tai chi chuan. Para qualquer uma dessas opções, é possível baixar apps com dicas passo a passo para a realização dos exercícios.

 

saúde mental

 

Você também pode manter o emocional equilibrado na quarentena!

 

Como você pode perceber, com a adoção dessas dicas simples você pode evitar os picos de ansiedade e doenças sérias, como a depressão. Para isso, basta estabelecer uma rotina de atividades sem esquecer da saúde.

Falando nisso, é importante também manter uma alimentação equilibrada durante a quarentena, evitando o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e outras drogas. Assim, você evita mais ainda arruinar sua saúde mental. Fique atento!

 

E você, o que tem feito para se manter psicologicamente saudável? Compartilhe sua experiência!

deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


           Associado Abrahosting

Contatos

Métodos de pagamento

               Cartões de crédito